Friday, December 26, 2008

AVISO IMPORTANTE

GENTE,

RESOLVI COLOCAR A IMAGEM AI EM CIMA USANDO LINK DIRETO E AGORA NAO SAI POR NADA QUE EU FACA! QUE RAIVAAAAAAAAAAA!!!

VOU MUDAR MEU BLOG, MAS VOU AGORA ESPERAR O ANO NOVO MESMO, AINDA NAO SEI QUAL SERA O NOME, AGUARDEM! EU AVISAREI AQUI...

DESCULPE O TRANSTORNO!

PS - Quem souber como me ajudar, grita!

Thursday, December 25, 2008

Se um velhinho de vermelho vem...

... trazendo presentes pra alguem,
... eh sinal de amor, o Natal eh Luz,
... mas nao se esquecam de JESUS!



Para todas (os) que passam por aqui, que estao em casa, ou longe, ou se sentindo em casa mesmo longe, que o treno do querido Santa Claus venha cheio de presentes como muita saude, sorte e alegrias! E que cada um (a) saiba mixar estes tres presentes e aproveitar um ano que vem com muita energia e sucesso!
FELIZ NATAL
MERRY CHRISTMAS

Tuesday, December 16, 2008

Presentes de Natal - O que eu decidi?

Oi gente,

Bem, com o andar da carruagem tive que decidir o que fazer com os presentes, soh nao comprei ainda tudo.

Kidzinho e kidzinha: aqueles roupoes de dormir + caixinha de chocolate (para cada um)
Host Dad: um gift card de 15$ da Starbucks + caixinha de chocolate
Host Mother: um gift card da Bath & Body Works de 20$ + caixinha de chocolate
Host Grandma: um gift card da Bath & Body Works de 20$ (esse eu dei hoje de presente)

E um cartao para cada um.

As caixinhas de chocolates sao para colocar nas stockings e o resto debaixo da arvore.
O presente das kidzinhas eh porque o meu kidzinho viu uma vez esses roupoes comigo e pediu, ai se compro pra um, melhor comprar para o outro, e hoje a grandmon deles deu TANTO presente (briquedos a maioria) que sei lah, acho menos bagunca pra mim, soh uma laudry a mais (Hahaha).
Minha host nao sei o que dar, nao compraria roupa, vou errar o numero (me conheco) e jah gastei meus neuronios nos dia das maes e aniversario e, como esta loja eh uma "delicia", tem sempre coisas legais... e meu host eh viciado em Starbucks, e eu sofri mais ainda com ele para saber o que comprar no dia dos pais e no niver.
Jah a hostgrandma eh uma fofa, mas nao saberia o que dar tambem e ela disse que gostou (tambem nao seria mal-educada).

Eh isso. O que acham? Sugestoes?

Beijos e obrigada!

Friday, December 12, 2008

Presentes de Natal - I need help!

Oi pessoal,

Para quem eh au pair (ou foi) e jah passou o Natal aqui, devo comprar presentes para meus hostparents tambem? Ou soh para as hostkids? Como fizeram?

Quem esta passando por isso pela primeira vez aqui, como esta fazendo?

Eu estou em duvida por falta de $$$, claro! Para as kids eu vou comprar sim, mas compro para os hosts tambem? Se nao comprar, fica chato?

Alguem me ilumina =)

Obrigadinha

Monday, December 8, 2008

Soh tenho a dizer que...

... fo***-** todos os problemas como au pair, como Rafaela, e etc... soh o fato de estar aqui e poder ir para NYC vale todos os aborrecimentos!

NYC IS AWESOME!!!

Rockfeller Center at Christmas

Picasso at Museum of Modern Art

Homens...

Hehehe...

Adorei todos os comments do ultimo post... a gente gosta de falar de homem, ou de como conquista-los, ou ate como "acabar" com eles... adoro ser mulher!

Cori, sobre seu comment, aguardo o post e eu soh posso dizer que cheguei a me cadastrar... hahaha! Mas ai surpresas aconteceram antes de eu usar, fica para um futuro, bem futuro post, quem sabe...

Beijo para todas!!! Quero ver todo mundo contanto dos affairs!

Wednesday, December 3, 2008

Rolos, namoros e afins...

Como prometido a Joana, vou escrever um pouco minha visao sobre a questao au pair X namoro, rolos e afins nos EUA. Isso porque segundo a Joana, a impressao que se tem eh que au pair fica um ano sozinha. Inclusive, estes dias estava conversando com minha amiga Amanda, tambem au pair em NY, e ela disse que nao conhecia nenhuma au pair que tivesse saindo com algum gringo. Pois bem, pelos meus 10 meses de experiencia como au pair, digo com toda verdade que NAO eh verdade que au pair fica um ano sozinha! Todas que quiserem vao sim beijar na boca! Relaxem babies… Digo isso porque eu conheco de tudo: gente que namora, gente que tem rolo, gente que beija sempre na balada, gente que eh noiva e gente que jah ate casou! Isso mesmo, tem muitos casos bem-sucedidos de namoros de au pair brasileiras com americanos ou nao-americanos, como ha casos nao tao bem-sucedidos assim, e tudo eh mais ou menos do jeito que acontece no Brasil.

O fato eh (minha opiniao) que a diferenca cultural atrapalha um pouco, ate voce entender como ela funciona.

Uma coisa eh clara: aqui nao dah para fazer “doce” (hahaha… eu estou aprendendo na marra, neh Fer?). Americano nao corre (muito) atras (salvo excecoes), ou voce mostra que tambem esta afim, ou ele vai partir para outra. E isso ouvi de americano mesmo, um que namora uma linda au pair brasileira, inclusive. Alias, tadinho dele, quando viajei com a Fer e o namorado dela, o Greg (o tadinho), para o Niagara Falls, fui fazendo um interrogatorio sobre o homem Americano: o que fazer e o que nao fazer. Fui dando exemplos meus e de outras amigas e pedindo a opiniao. E vez ou outra ainda encho a paciencia dele pedindo conselhos.

Existe um tal de “game”, que eh meio parecido com o que fazemos no Brasil. Segundo o Greg, o “game” eh o “doce” que fazemos – contraditorio com o fato de nao dar certo fazer “doce”, como falei no comeco, mas aqui a diferenca eh que, quem faz “doce” eh o cara e nao voce!!! Ou seja, o cara nao vai demonstrar o quanto esta interessado, assim ele ficaria muito na sua mao, por isso, hoje ele pode ate te ligar, mas vai esperar voce ligar da proxima vez e tal. Bem, eu nunca joguei o jogo, entao nao sei como funciona ao vivo e a cores, mas foi isso que me explicaram.

Uma coisa que percebi, por experiencia minha, eh que americano eh muito direto. Eles falam e demonstram o que estao a fim logo de cara. Convites para hang out na casa deles eh muito comum. Eu sugiro voce ser tambem bem direta e falar se quer ou nao quer, pois nao preciso dizer o que eles estao querendo , ne?

Outra coisa que eu constatei, eh que na balada se um cara chega em voce e voce nao dah bola, pode ter certeza que ele vai tentar chegar na menina que esta do seu lado, e nao importa se eh sua amiga-irma. Jah vi muito isso.

Tambem vejo muito homem casado na balada que te paquera, mas nunca vi no final eles “chegando” em alguem, jah ouvi fazendo elogios, mas deixando claro que sao casados – o que nao eh tao desapontante saber.

Um ponto positivo para nos, brasileiras, nao importa o lugar que vamos e em quantas estamos, eh certo que chamamos muita atencao. Eh normal ver em poucos minutes, todos os caras (ok, nem todos, mas muitos) jah rodearem a gente na balada. Um dia eu perguntei para um amigo Americano o porque disso, ele disse que primeiro eh muito na cara que nao somos americanas. Ai eu perguntei se eramos muito diferentes, fisicamente, e ele disse que nem sempre somos muito diferentes fisicamentes, apesar que a maioria acha e diz que somos mais bonitas (eu acho muita americana bonita, mas acho que eh meio comum para eles, entao) e que nossa atitude na balada eh diferente, porque ficamos na nossa. As americanas, quem jah viu, chegam chegando e pesado normalmente. Bem, brazucas queridas, divirtam-se na balada porque eh engracado e vale a pena.

Voltando, para mim aqui funciona quase como no Brasil no sentido de: voce vai conhecer um cara, ele vai se interessar ou nao; ele vai te beijar, ou nao; se beijou, ele vai querer beijar de novo, ou nao; ele vai te querer “comer”, SIM, isso eh o que todos os homens querem (palavras do Greg), ele vai querer namorar, ou nao. As diferencas para mim sao: a lingua (nossa, que novidade), eh complicado o fator de voce nao falar a lingua dele perfeitamente e ele nao entender nada da sua. Ou seja, brincaderias nao funcionam sempre, e vice-versa. E americano nao entra naquelas brincadeirinhas do “Ah, desliga voce” “Nao, nao, desliga voce”. Falou “Ah, desliga voce”, ele vai dizer “Ok, boa noite” e vai desligar. That`s it! Voce vai achar que ele nao gosta mais de voce, que nao quer te ver de novo, mas relaxa, eles soh sao praticos e nao tem essas maluquices que soh nos brasileiros temos. Fora que americano nao diz “beijo, tchau” ao desligar o telefone, quer que seu rolo/namorado diga isso? Ensine e diga que eh muito importante. Nao sei para voces, mas para mim eh. Odeio terminar de falar e desligar o telefone, no maximo dizer um “bye”, tao sem-graca.

Eu estou escrevendo meio em “voltas”, mas to tentando lembrar fatos e escrever, sorry…
Ah! Bem, digamos que voce conheceu um cara e ele te chamou para um “date”. Pronto, nosso desespero! Primeiro “date”. E “date” aqui sim eh uma coisa peculiar, pois nao eh igual quando voce vai sair a primeira vez com o cara no Brasil. Por que? Porque nao eh e pronto… hahaha… eh que no Brasil voce sabe que o cara vai te beijar, aqui nao, o cara nao vai te beijar no primeiro encontro e voce nao deve tomar iniciativa tambem. Ele vai querer conversar, te conhecer, pagar a conta (tem que, ne?) e te dar um “boa noite” na porta da sua casa, um selinho no maximo. No segundo “date”, pode rolar beijo, as vezes nao ainda! E voce ficara se perguntando o que tem de errado. Jah respondo: nada! Eh assim que funciona. Nao esquenta que uma hora ele vai te beijar. Ah… e depois do primeiro “date” a gente fica esperando a ligacao para saber do segundo, certo? Eh meio regra, segundo meu consultor pessoal de relacionamentos com homens americanos, Greg, o cara vai dar uns dias, uns tres ou quatro pelo menos, sem aparecer, ai ele te ligar ou mandar mensagem. Isso para nao te “pressionar” muito. Ai vai de voce se ficou a fim ou nao. E, se ele nao ligar (isso eu vi em um site americano que fala de varios interesses femininos, inclusive relacionamentos) eh porque o cara nao ficou muito afim, mas se voce ficou, nao ha nada de errado pedir para se verem novamente, pode ser que ele goste mais do segundo “date”. O primeiro eh sempre uma tragedia.


E depois vai rolando como qualquer outro relacionamento, voces vao se conhecendo e blablabla…
Como conhecer americanos? Depende. Em bares voce vai sempre encontrar americanos bebados, as vezes ate uns em melhores condicoes, quem sabe um desses nao vira rolo ou mesmo amigo. Eu fiz um amigo americano na balada, e nao beijei, virei amiga mesmo. E eh um gatinho da Havard… hahaha…


Bem, em qualquer lugar, ate no aviao, voltando de viagem, como aconteceu com uma amiga. Mas um dos jeitos, que tambem eh um dos melhores jeitos no Brasil, eh por meio de amigo, ou do amigo do amigo. Assim, voce tem uma amiga sortuda que esta de rolo com um americano? Pronto, os amigos dele serao interessantes de se conhecer.

Soh fiquem atentas aos americanos metidos a besta que soh querem saber de usar voce, brasileira, para se promover, ou mesmo com os jerks que soh querem te usar. Atente suas amigas a isso.

E fiquem voces espertas com o que falam ao conhecer um cara para nao parecer que voce esta querendo arranjar um marido por conta do green card. Isso eh muito queima-filme – odeio! Sei que tem au pair que realmente quer isso, eu nao acho legal, porque sou meio antiga, acho que casamento eh coisa seria, de sentimento, nao business. Nao julgo quem quer isso, soh acho que o fato de muitas agirem assim, prejudica muitas que nao pensam desse jeito e querem viver uma vida normal, deixando as coisas acontecerem naturalmente. No meu caso, eu sempre deixo claro que amo minha vida no Brasil (o que eh verdade), o porque que eu vim para cah e como espero voltar e ser bem-sucedida lah. Claro que o futuro a Deus pertence, mas nao se iludam.

Bem, eu sei que escrevi meio confuso, mas espero que tenha ajudado um pouco a tirar essa impressao de que au pair eh um alien entre os americanos.

Por isso queridas leitoras, venham de coracao aberto, e sem ilusao. A vida aqui continua… soh com algumas diferencas.

Beijostorcendoparacasosbemsucedidosdeaupairscomseusprincipesamericanosounao.

O meu dia de acao de gracas...

... nao teve muita graca. =(

Nao quero ser desanimada, eh que eu fiquei TAO de homesick nesse dia que nao consegui aproveitar muito...

Como falei, nao fiz nada... acordei e arrumei meu quarto que estava A bagunca... finalmente se pode andar por ele, e a tarde fui para a casa da minha hostgrandmother com meus hosts. Todos foram fofos e minha host ainda brindou na mesa que era meu primeiro Thanksgiving, foi fofa... fiquei feliz... mas eu estava lah vendo um jantar em familia e bateu muita saudade da minha, ainda mais porque estava sem minhas amigas de sempre... e a minha irmazinha Carol estava em Las Vegas (chato, ne?)

Comi bem sim, apesar que meu host disse: "Rafa, that`s the smallest thanksgiving plate that I`ve ever seen", eu nao sou de comer muito, fazer o que?

Ai meu pratinho e meu lugar marcado:



Eu sempre esperei tanto este feriado e foi estranho ficar triste... nem parei para "dar graca" =( , mas penso em parar e pensar no que tenho que agradecer agora no Natal, nunca eh tarde, ne?

Wednesday, November 26, 2008

Happy Thanksgiving...

Oi Gente,

Apesar de achar que meu Thanksgiving sera meio chatinho, estou feliz desta data ter chegado! Eh tao "EUA", vejo sempre em filmes que tratam desta comemoracao, como um muito bom com a Kate Holmes: "Pieces of April". Eh meio alternativo, mas do jeito que eu gosto, recomendo.

Como vou trabalhar sexta-feira nao irei viajar... minha agenda sera:
- arrumar a ZONA do meu quarto (sei que quem me conhece nao acreditaria nisso, mas esta tudo fora do controle);
- dinner na casa da minha hostgrandmother;
- buscar a Carol no aeroporto de Baltimore que simplesmente esta em Las Vegas a esta hora.

Pretendo acordar bem cedo, por volta das 5:30am para aproveitar as liquidacoes da "Black Friday", dizem ser muito boas e eu quero comprar: casaco, bota de neve, sweaters, blusas de manga comprida e lingerie... espero achar bons achados! =)

Ai trabalho... sexta-feira a noite devo ir com as amigas por DC e vamos tentar ir para Annapolis este fim-de-semana, sera?

Bem, nunca coloco minha agenda porque eh chato, mas nao sabia o que escrever... hihihi... de qualquer forma, vale como curiosidade de uma agenda de au pair, aposto que tem muitas similares as minhas, nao especialmente nesta data, mas em outras.

Um HAPPY THANKSGIVING para todos!

Tuesday, November 25, 2008

Parada (de novo) pela policia

Hoje de manha a policia me parou, de novo... acho que contei da primeira vez, mas vou relembrar.

Primeira vez: saindo da balada com duas amigas bebadas, uma menos de 21 anos. A policia nos seguiu desde o estacionamento, parou o carro na rua e eu, que estava dirigindo e nao tinha bebido nem um gole de alcool, desci do carro, fiz um teste para saber se eu estava bebada e eles me liberam, estava totalmente lucida, soh tremendo igual uma louca. Meu ingles nao estava como o de agora, ai fiquei mais nervosa. Agora o medo maior era deles pedirem a identidade da minha amiga menor, pois quem estaria no Brasil agora? Eu! Eh contra a lei menores de 21 anos beberem, por isso, please girls, evitem uma situacao como a minha, pode ser arriscado, como foi, mas por sorte, nada demais aconteceu.

Hoje: Indo para o correio, vejo o carro atras de mim e eu no celular, ai pensei "Meu host falou que eu podia falar no celular dirigindo, sera que nao podia? Agora vou levar multa, bua...", nisso a sirene toca, as luzes acendem e eu paro o carro... lah vem o Officer e eu jah entro todos meus docs "Aqui carteira de motorista do Brasil, a Internacional, a copia do meu passaporte e explico que nao gosto de andar com o original, e ainda falo 'Nao tirei minha DL ainda porque aguardo um documento'" - falo demais, ne? - e ele "Sabe porque eu te parei?" eu "Nao" "Porque seu carro nao tem a tag da frente" e eu "Tag?" ele "Esse carro nao eh seu?" eu "Nao, dos meus hosts, sou au pair - e entro o papel da APIA com meus dados e tal" ele "Esse eh seu endereco?" eu "Eh, pertinho daqui" e ele "Deixa eu te mostrar" e eu saio do carro e confirmo que nao tem a placa na frente e falei "Eles me disseram que nao precisa" e ele "Eh lei me MD ter placa nos dois lados" me espere aqui que jah volto, ai ele volto "Aqui seus documentos, como o carro nao eh seu, vou te dar uma warning apenas, aqui esta meu cartao, meu numero esta atras, qualquer coisa pedem para me contatar" e nos despedimos com um "Have a nice Thanksgiving"... Foi de boa, nao estava fazendo nada errado e hoje sinto-me mais segura com o ingles. Liguei para meu host e jah avisei que fui parada e o motivo.

That`s all folks!

E ficou assim...

Oi gente,

Sumi fim-de-semana, nao estava em casa e fiquei sem acesso a internet, sorry, mas vamos lah.

Pra terminar a historia: minha host enviou meu schedule de dezembro pela manha, mesmo sem eu responder quando queria tirar dois dias de ferias, que ainda faltam para fechar o ano, e ela tinha me perguntado. Assim, ela simplesmente escolhei os dois, claro entre os dias que ela estara viajando. E minha agenda tinha uma semana que eu iria trabalhar 51 horas, e na outra 39 horas, porque sexta-feira ela estaria viajando tambem. Nem preciso falar que nao gostei nenhum pouco, ai passei o dia pensando em como falar com ela de um jeito ok. Soh sei que ela chegou quinta-feira a noite toda feliz, como eu tinha aula pedi para conversarmos do schedule quando eu voltasse. Quando cheguei em casa, vi que ela tinha tirado as 4 horas que eu ia trabalhar no Thanksgiving e colocado zero, dando-me o dia off e nao repos as 4 horas em outros dias... achei estranho, peguei minhas anotacoes e fui falar com ela. Ai comentei que ela tinha mudado e ela disse "Ah, lembrei que eu ia te dar alguns feriados offs, mas eu esqueci, acho que nao fizemos isso no Labor Day, ne?", nao entendi bem como ela "lembrou" disso, eu nem tinha falado nada ainda... Ai ficou que o dia do Natal e o dia de Ano Novo ser off tambem. Ai comentei das horas, ela disse que entendeu meu recado, que nao ia passar das 45 horas, nem acumular, ai eu falei "Mas porque esta semana esta assim, 51 horas e 39 horas na outra?" e ela "Porque o fim-de-semana pode ser tanto para a semana que esta no fim, quanto a que esta comecando, desde que eu conte tudo em 7 / 7 dias, te dando as folgas e tal, e isso esta certo, faz parte do programa". Eu nao sei se faz, e estou sem counselor no momento para perguntar - a minha foi mandada embora este fim-de-semana - mas eu na hora nao disse nem que sim, nem que nao, fiquei balbuceando alguns sons e fiz cara de que nao gostei, porque eu nao gostei nada dessa flexibilidade, acho que eh conveniente para meus hosts, nao para mim, mas se eu contar mesmo os 7 dias e tal, estarei tendo pelo menos 1 dia e meio de folga na semana. Ai ela comentou algo "se voce quiser ser bem rigida com o programa, tambem serei, ai estes feriados nem serao offs", falou de boa, mas nao gostei da "ameaca", fiquei triste, triste mesmo, nao gostei nenhum pouco, mas nao vi como ser "inflexivel" naquele momento. Desci para meu quarto meio perdida ainda se era legal esta situacao, se nao era. Pela primeira vez pensei seriamente em "rematch", mas tambem nao sei seh eh para tanto. Antes tivesse mudado de familia pelo tempo do segundo ano. Bem, jah foi. Soh espero que coisas como semana passada nao acontecam mais, afinal, foram tudo aquilo de horas que comentei no post anterior e nao ganhei como extra.

Meu findi foi otimo, fugi de casa na sexta-feira a noite e soh voltei na madrugada da segunda-feira.

Espero que dias melhores venham... Vale destacar que, com as kids, tive um semana muito boa, mas boa mesmo.

Beijos e obrigada pela torcida

Wednesday, November 19, 2008

Do resultado para a solucao...

Oi genteeeeeeeee...

Obrigada pelas respostas na enquete, foi muito bom ver a participacao das pessoas e o comment fofo da May.

Assim, eu acredito MUITO em Deus, e sempre fui muito religiosa - para quem nao sabe eu sou espirita (nao macumbeira, please, mas respeito tambem quem eh, afinal, cada um encontra Deus da forma que o coracao pede) e sempre fui atuante - mas confesso que aqui eu ando meio esquecida, mesmo meus pais sempre me lembrando da importancia que tem a oracao.

A Fer sempre fala pra mim "Rafa, ore e peca ajuda de Deus", e eu comecei a me movimentar e fazer isso, principalmente nessa questao de acertos com minha hostfamily, sempre pedindo como agir e falar o que eh certo.

Acredito que Deus coloca em nosso caminho os obstaculos necessarios para nos fazer crescer, por isso encaro estes empecilhos - que para muitos pode parecer pequeno e bobagem, mas cada um sabe o "peso da sua cruz" - como aprendizado para meu amadurecimento como pessoa.

Como a maioria optou em "falar pessoalmente", realmente farei isso, e com o passar dos dias e acontecimentos, percebo que eh o melhor a fazer.

Para atualizar.

Segunda-feira a noite eu fui falar com minha host que nao queria trabalhar no sabado, pois eu achei que as horas do sabado estavam excedendo as 45 horas, como reposicao das horas que teria off na semana que vem. Quando comentei que preferia que ela usasse na outra semana mesmo, como as horas normais, ela na hora achou otimo, porque tambem preferia. Ai achei que as horas iam ficar redondas, mesmo nao tendo o feriado e a sexta-feira mais off, o que, segundo minha counselor, eles podem sim pedir para trabalharmos no feriado, desde que nao afete as regras das 45 horas.

Bem, ai achei melhor deixar a conversa para outra hora, mesmo porque eu estava atrasada porque ia sair. Mas, ontem de manha, resolvi contar as horas que ela mudou e vi que:

Esta semana = 53.5 horas
Semana que vem = 36.5 horas

Sendo que trabalharei tanto no Thanksgiving, quanto na sexta-feira. Ou seja, ela precisando menos horas de mim semana que vem, usou as horas offs esta semana.

(Eu sei que a culpa eh minha porque ela jah fez isso varias vezes e eu nunca falei nada, eu sou muito paciente mesmo, mas no momento a paciencia esgotou).

Ai fiquei aqui martelando como, quando e como falar com ela.

Nisso, ontem, ela mandou um email dizendo que ia preparar meu schedule do mes de dezembro e perguntou se eu poderia trabalhar duas noites agora em dezembro por conta das festas natalinas do escritorio dela e do meu host. Assim, resolvi aproveitar a deixa e mandar o recado para ela fazer meu schedule baseado nas 45 horas, sem acumular horas de outras semanas. Ela me responde "Claro, 45 horas, soh estava acumulando em novembro por conta de te dar o Thanksgiving e a sexta-feira off, mas podemos mudar isso". Ai fiquei pensando... uma, ela nao estaria dando, estaria compensando e a pior, eu vou trabalhar os dois dias, entao, nao tem nada de compensa-los porque estarei off, eu simplesmente NAO estarei off. Ai tambem lembrei que antes de vir para cah eles tinham me enviando algumas informacoes sobre tudo, inclusive feriados, e neste "welcome book" tinha que eu teria off alguns feriados, inclusive o Thanksgiving (nao a sexta, soh o dia). E ainda vi dois outros detalhes que eu nem "tchum", o Labor Day era outro dia off, mas que eu soh nao trabalhei porque as horas do feriado nao trabalhadas ela usou como extra, ou seja, para nao contar como ferias eu vendi as horas, mas era para ter sido off e eu esqueci - soh nao sei se ela esqueceu ou aproveitou do meu esquecimento. Fora que o meu aniversario era para ter sido off tambem, mas eu trabalhei porque ela pediu, e ela nao falou nada, nem me deu entao um outro dia como off, e eu burra nem falei tambem, ne? Mas vou levando pancada na cabeca para aprender, nao tem jeito.

Por isso, minha gente, logo mais vou responder o email dela dizendo que gostaria de entender melhor a questao dos feriados e falar sobre o "accumulating" hours. Porque eu ate posso vender horas para ter off e nao contar como ferias, quando eu achar melhor que isso aconteca e ela concordar, mas nao eh justo ela cobrar horas de mim soh porque ela mesmo nao precisa de mim em casa, soh para se aproveitar da minha boa vontade e burrice. Fora que ela jah havia me dado os feriados off, eu tinha esquecido de tontisse, mas como a quarta au pair dela, nao acho que ela tenha esquecido nao.

Desculpe encher voces com esta situacao, mas espero que seja um exemplo que sirva de experiencia para quem eh e quem serah au pair. E, no meu caso, para eu tomar vergonha e coragem na cara e lutar pelo que eh justo e de direito, sem ser uma "bobinha boazinha", mas sim uma mulher que luta pelo melhor, respeitando os outros acima de tudo.

Ah, esta conversa deve acontecer apenas na quinta-feira, quando ela volta de viagem.

Beijosesperandoquetudoseresolvadefinitivamente.

*** PS ***

Soh para nao deixar aqui a impressao que tudo eh ruim, vejam o email fofo que meu host enviou hoje:

Rafa:

Have fun with the kids! Just so you know, we love having you as our Au Pair. You are a great care taker, which means you really love and are "taking care' of our kids.

Thanks

Sunday, November 16, 2008

Venda de horas *** uma postagem ao estilo 'voce decide' ***

Apesar da conversa com minha host acho que ainda nem tudo ficou 100% perfeito. No final do mes teremos Thanksgiving, assim, eu vou ter o feriado livre, mas nao teria a sexta-feira. Bem, ela queria que eu tirasse como ferias – tenho ainda dois dias – como nao quero, preferi vender as horas de um dia normal de trabalho para ela usar em outra ocasiao. Mas pedi para ela usar estas horas logo, para eu nao ficar “devendo” muito. Alguem jah fez isso?

Mas uma coisa eh certa, vou conversar com o meu host desta vez sobre o que ficou unclear, ainda esta semana. Vou mostrar pra ele se ele acha justo algumas coisas que a esposa dele faz e ver o que ele responde. Preciso de um aliado desta vez para falar com ela. Eh um saco ter que reclamar de novo, mas nao eh justo eu “dever” horas. Se eles nao precisam de mim, pronto, nao precisam, serah que eh tao dificil me “dar” um pouco de tempo livre a mais quando nao eh necessario mesmo eles usarem? Minha host sempre usa ate o ultimo minuto e, como eles podem fazer isso, nao digo nada. Mas me cobrar um dia “off” porque ela estara em casa e nao precisa de mim eh too much. Vou ter que ter coragem novamente e falar com eles. Nao sei se mando um email explicando tudo para ela, ou falo com ela novamente assim que possivel ou falo com meu host, o que voces acham? A enquete esta a direita, conto com voces.

Thanksgirlsesperandorapidasrespostas

Na Florida com meus hosts

Foi uma viagem boa, nada espetacular. O tempo sim foi maravilhoso, nada a reclamar. Mas estou feliz em estar de volta. Olha, viajar e conhecer novos lugares eh sempre bom, mas soh voce e sua hostfamily eh meio boring, ainda mais porque foram cinco longos dias de viagem.

Bem, foi assim, minha host foi a trabalho para um evento em um resort em Naples, Florida, ai ela aproveitou para tirar da quinta-feira a tarde ate domingo uma mini-ferias com a familia. Assim ela chegou lah na segunda-feira, o que me fez trabalhar ate tarde segunda-feira e terca-feira em Silver Spring ainda, e embarcar com meu host e as kidzinhas na quarta-feira de manha. Quarta-feira foi um dia excepcional, trabalhei das 6:30am as 8:30pm, quando a kidzinha dormiu. Imaginem se eu nao estava morta? Ai trabalhei na manha da quinta-feira e no naptime da kidzinha na sexta-feira (o que foi otimo, porque foi meu naptime tambem). O resto do tempo tentei aproveitar a praia, muito bonita por sinal. Mas ficar sozinha eh muito chato! Tem gente que gosta, eu nao gosto, nao tem jeito. Ate tento, juro que tento, mas soh me divirto quando tem alguem pra dividir o funtime, por isso, meus dias foram loooooooongos. E eu nao tinha acesso a web, ou seja, tenebroso. Usei algumas vezes o notebook da minha host, que acessava a internet, o meu levei de boba… O tempo estava maravilhoso, totalmente summer do Brasil (de SP, diga-se de passagem), e ate peguei uma corzinha! Nisso me senti felizarda, pois o tempo em DC estava bem feio, pelo que me falaram.

Foi legal almocar e jantar fora todos os dias. Mas dividir o mesmo quarto com o hots e as kids nao eh facil. Nosso quarto era um bangalo bem bacana, com um quarto, no qual dormiram os quatro, uma sala bem grande, meu quarto, e apenas um banheiro. Eu dormi no sofa-cama, nao tao mal assim, mas o problema eh que todo mundo ficava no meu “quarto” o tempo, porque eh lah que tinha as comidas, microondas e tal. TV tinha nos dois rooms, mas eh claro que soh usavam o que estava no meu. Ai banheiro eu nao tinha prioridade, ou se tinha, como tomar banho depois de um dia todo na praia, tinha que ser ultra rapida. Na hora de colocar as kids para dormir era um no quarto deles e outro no meu quarto, ou seja, eu tinha que sair, pois nao podia fazer um barulho. Igual quando o kidzinho dormiu no meu sofazinho e minha host me mandou mensagem “Se voce voltar para o quarto, silencio, o kidzinho esta dormindo no seu quarto e a kidzinha no outro”. Essa parte eh um saco, porque eu parecia mais uma intrusa. As vezes queria escovar os dentes, usar o banheiro para qualquer outra coisa, ate retocar a depilacao, e nao dava, sempre tinha alguem usando, mesmo que fosse usando o laptop da minha host que estava num espaco que tinha no banheiro. Ou mesmo o meu “quarto” tomado de bagunca, assisitindo TV, usando todas as cadeiras e espacos no sofa. Ah, e como dormia na sala, todo dia por volta das 6:30am eu era tirada do meu posto e recolocada no quarto deles, porque eles acordaram. Privacidade zero a esquerda. Mas passou, vale como experiencia em como agir em situacoes de lotacao e em como nunca ser tao invasiva com o espaco dos outros. Fora varios detalhes que me deixaram p* da vida, principalmente na volta da viagem. Ai ai.. estou rabugenta, ne?


O tempo no domingo amanheceu frio, mas sunny, ou seja, nao fomos embora mais cedo! Ok, ok, voces devem achar um absurdo, mas estava tao boring que nao via a hora de voltar para casa.
E tambem estava p* da vida com o lance das horas com minha host (post acima) e porque eu perdi um coat que eu amava, que eu vim com ele. Perdi no taxi que viemos do aeroporto e como tava muito calor nao percebi, e isso se deu porque eu tinha que segurar bonecas, milkcups e todos os afins da kidizada, que deixei o meu para tras. Que raiva!


Soh para deixar claro, jah viajei algumas vezes com meus hosts e sempre que fui sozinha, foi boring, as vezes que a Carol foi nem senti o tempo passar, como no camping e em Delaware.

BeijossorryporreclamarqueestavaboringemplenasunnyFlorida

Tuesday, November 11, 2008

Sobre meu regime de engorda

Ah, agradeco o carinho de quem me ajudou com comments! Obrigada, de coracao, foram de grande valia =)

Eu jah tinha ate engordado um quilo! Ai me deu A crise de gastrite na ultima terca-feira que me fez vomitar (ops, disgusting, I know, e o pior eh que fiz isso com incentivo da Carol, em plena Georgetown University!) e ficar sem comer direito ate este final de semana! Lah vou eu comecar de novo...

O pior de tudo eh, quando voce passa mal do estomago, sempre tem um tipo de comida que culminou a explosao gastrica e voce nao quer mais saber desse tipo de comida, certo? Para meu azar, ha dois meses tive crise de gastrite e a comida monstro foi simplesmente sorvete com brownie. Desde entao, nao como mais isso! =( E desta ultima vez foi um canelloni, ou seja, tudo que eh meio parecido (pasta com molho de tomate, inclusive pizza de queijo) eu nao estou conseguindo comer! =( Eh uma tragedia!!!

Well, de qualquer forma, ainda restam algumas coisas boas da culinaria e, para comemorar que estou melhor, amanha vou preparar um strogonoff com a ajuda especial da Carol... Yumiiiiiiii...

Vamoquevamo!

Porque hoje estou...

... em rosa!

Hoje dei uma mexidinha basica no blog... cores e informacoes a direita! Eh sempre bom dar uma limpada e organizada. Fiz isso no meu quarto este sabado, estava terrivel! Juro... imaginem um tornado de destruicao quase total, era bem assim que ele estava. Quem me conhece sabe que sou "freak" com organizacao, assim, nunca diriam que aquele quarto ate o sabado de manha era meu, meu kidzinho mesmo, que estava no basement e precisou usar o meu banheiro saiu e me disse "Rafa, your room is a mess! I`ve never seen it like that! There are shoes on the floor and clothes everywhere!" - ele tem quase 5 anos apenas!!!

Estou com muito sono, mas gostaria muito de atualizar (ainda mais porque a Carol - blog na lista - resolveu terceirizar o servico - hahaha! Morri de rir lendo seu blog hoje).

Prometi falar de namoros, rolos e afins. Nao esqueci nao, venho em breve falar disso! I promisse!

Esta semana, apesar de ter conversado com minha host sobre schedule, eh uma semana especial e diferente, por que? Acho que citei abaixo, ela viajou para a Florida a trabalho e meu host nao consegue colocar a kidzinha para dormir sozinha, assim, eu trabalho ate a hora das kids irem dormir, eu com ela e ele com o kidzinho. Hoje comecei as 7:30am ate as 8:30am, parei e voltei das 11am ate as 9pm, ou seja, 11 horas e amanha sera igual. Quarta-feira, como vamos nos quatro encontrar minha host na Florida, vou comecar as 6:30am e vou ate as 9:30pm direito e reto, sim, 15 horas! Mas eh um acordo que deixei claro com minha host, excepcionalmente, pois nao eh sempre que isso acontece. Isso porque vamos sair de casa por volta das 7:30am/8am da manha e minha host estara em evento ate a noite.

O bom? Vou viajar de graca, ficar em um resort lindo em Naples, na Florida, e tenho a tarde da quinta-feira livre, a manha e do final da tarde da sexta-feira ate domingo livre. Como aqui jah esta frio, no momento dois graus celsius, lah esta batendo os 28 graus! Ou seja, vou pegar um solzinho e me divertir.

Estou me sentindo igual aos patinhos que migram para o Sul no inverno do Norte.

Espero que tenha wireless, assim sendo, levarei meu "filho" comigo e atualizo de lah.

Por ora estou cansada, vou dormir, porque amanha, como falei, comeco as 7:30am de novo.

(E ouco ao fundo um choro da kidzinha, espero que meu host nao me chame)

Beijos
Rafa


*** Agradeco todas as visitas e os poucos, mas carinhosos e especiais, comentarios ***

Monday, November 10, 2008

Aliviada...

Oi gente!

Obrigada por quem leu e comentou torcendo, por quem leu e nao comentou, mas torceu!

Sexta-feira passada eu nao trabalhei de manha, por isso pedi para conversar com minha host anoite ou sabado a tarde. Bem, estou eu dormindo e as 8:15am ela me liga "Rafa, quer conversar quando eu voltar da escola das kids?" eu meia dormindo brinquei "Ok, checa soh se eu nao estou dormindo ainda". Soh sei que levantei e liguei para meus pais e para a Carol para me lembrarem o que eu tinha que falar. Mal me arrumei e quando ela chegou fui falar com ela.

A questa era: meu schedule maluco! Por que? Porque a minha host faz o que quer com minhas horas - porque ela foi fazendo aos poucos e eu nunca falei nada, a culpa nao eh soh dela - ou seja, ela muda toda hora, usa horas de uma semana em outra para compensar (faco extra, mas eh um banco-de-horas, nao recebo por isso), trabalho mais de 10 horas por dia e semana passada eu nao tive dia off, e esta semana tambem nao teria, ou seja, segunda a segunda, assim nao dah. Nisso me estressei de vez e mandei o email que eu comentei (se eu nao mandasse aquela hora, sei que no dia seguinte, mais calma, nao mandaria - gracas a Deus mandei).

Nem precisei falar muito, quando comentei ela jah veio pedindo desculpas, que realmente ela tinha abusado da minha flexibilidade, que ela foi indo e indo e foi longe, que eu nao tinha que me sentir nem um pouco mal em falar isso pra ela, visto que eu estava totalmente certa! Ufa! falamos de outras coisinhas mais simples, mas o principal era o schedule. Eu disse que fazia tempo que estava chateada, que nao queria deixar isso crescer mais, para que isso nao atrapalhasse meu trabalho aqui e meu mais um ano. Eu disse que continuo flexivel, que sei que esta semana agora, que ela jah esta na Florida, ela precisa de mim mais de 10 horas por dia e tal, que posso ajudar em casos excepcionais, que vou ate falar na aula (em duas), porque eu sei que estas nao serao tao cruciais, se fosse, nao faltaria. E foi tudo transcorrendo bem e colocando os pingos nos "is", perfect.

Eu comentei que tinha dificuldade em dizer "naos" em falar sobre meus "direitos", mas que sei que nao tinha cabimento com eles, pois eles sempre foram abertos comigo, ai ela disse para eu treinar com eles tudo isso que quero aprender para crescer como pessoa.

E espero que ela realmente me ajude em um outro pedido, que conto mais tarde, quando acontecer.

Quando o meu host chegou ele veio falar comigo, rapidamente, disse estar pround de mim e que eu moro aqui, nao soh trabalho, mas que quer me ajudar a estar feliz.

Estou aliviada e feliz...

Tah vendo? Nao eh um bicho-de-sete-cabecas falar com hosts... Tah vendo, dona Rafaela? Ai... se tivesse feito isso antes... mas vamos partir do cliche "tudo tem seu tempo".

Friday, November 7, 2008

Wish me luck!

Bem gente, acabei de mandar email para minha host para termos uma conversa amanha a noite ou sabado a tarde. Jah reclamei aqui de algumas mancadas e hoje mais mancada aconteceu. Fiquei extremamente triste e, como tenho mais de um ano pela frente, melhor colocar os pingos nos "is" de uma vez por todas.

Olha, falar com host eh fogo! Dah medo... eu jah tentei varias vezes e "tonga" - ne? Fer - sempre acabei amarelando, sorrindo e deixando tudo para tras. Por que? Porque eu sou medrosa, tenho medo de "perder", e porque nao sou racional, se entro numa briga soh uso o coracao e falo besteira, porque tem sempre alguem mais "inteligente" que eu e usa a "cabeca" contra mim. E tambem porque eu fico com raiva... por 5 minutos e esqueco... ai penso "Ah, dah para eu aguentar mais um pouco" e nisso vou me ferrando.

Mas to com medo, de verdade! Medo de ficar um mal-estar no ambiente... por isso, wish me luck, girls ;)

Sunday, November 2, 2008

My 1st Halloween

(do fim para o comeco)

Halloween Night







Trick or Treat Time





Halloween Party with kids (produced by Carol and me)



Wednesday, October 29, 2008

Regime de engorda

Entao gente, eh assim, tudo depende de cada um para engordar ou nao. Ou nao?

Em minha casa aqui nao entra nada "fat", tudo eh organico, light, wheat... Acho que a coisa menos light eh o Nesquik que eu comprei esses dias e o Frosted Flakes... Soh!

Eu sempre vim pra ca com medo de engordar, assim, entrei na paranoia da minha host e tudo eu olho as calorias e o quanto tem de acucar... e se tem proteina e fibras, etc. Mas eu exagero! Por isso hoje comecei meu regime de engorda.

Acordei e fiz pancakes com chocolate chips e muita mapple syrup! Amo...

O almoco foi meio light: brown rice, saladinha com molho tartaro e acrescentei queijo e peito de peru e um negocio de queijo e spinach que comprei congelado, tipo sandwich...

Nao jantei, pois tive aula e era: comer ou me arrumar, me arrumei... cheguei em casa umas 11pm e soh lah pela meia-noite que tomei coragem e fiz dois mistos-quentes, de peito de peru. Claro que tudo no pao super saudavel - saudade de pao pulmann... e tomei um chocolate quente! Gostoso...

Jah que reclamei, tenho que fazer algo ne? Mas meu problema eh que, se como muita besteira, meu rosto enche de espinha, o que nao dah!

Depois volto para escrever a sugestao da Joana...

Beijo

Monday, October 27, 2008

So eu?

Olha, todo mundo me alertou que era impossivel vir para os EUA e nao engordar, mesmo porque todo mundo engorda, olha gente, nao quero causar inveja, porque quem me conhece sabe que ODEIO ser magrela!!! Pois bem, cheguei aqui com 48 quilos e emagreci dois, ou seja, estava uma vareta... Ai aos poucos recuperei os dois e ganhei mais dois, ou seja, 50 quilos! Gente, pela primeira vez na vida me senti "gostosa", estava feliz... mas agora, depois que voltei do Brasil, emagreci tres quilos!!! Estou muito triste, perdi perna e bunda!!! Nao posso, estou uma vareta... estou quase disputando com a Victoria Beckman quem eh a mais magra... ODEIO =(((

Sorry, desabafo...

Halloween is coming...

Oi pessoal,

Halloween eh esta semana e estou super excited! Como todas as au pairs que irao passar pela primeira vez por esta experiencia.

Tem pessoas que acham tudo isso bobo, mas eu estou achando divertidissimo! Muitas casas decoradas, nos mercados/lojas o Halloween jah chegou faz muito tempo! Muitos doces e decoracao tambem.

Lojas de fantasias brotaram da noite para o dia, mas a minha eu comprei por um site - apesar do medo de nao dar certo.

Mas, para mim, o Halloween nao seria completo se eu nao tirasse uma fotinho com um pumpkin. Ou melhor, se eu nao visitasse uma fazenda de pumpkins!!! Pois bem, estou super feliz pois eis minha fotinho:



E foi em cima de um caminhaozinho que nos levava para a plantacao. Fui eu e as duas patetas nas foto abaixo: Carol e Dea.

Foi uma tarde muito gostosa e divertida. Fomos na fazenda Butler`s Orchard, em Germantown, MD, onde ocorria um festival (de pumpkins), que achei muito parecido com nossa festa junina. Ate maca-do-amor eu comi (um pouco diferente).

Alias, tive um fim-de-semana especial com a Carol, Dea (fotos) e Fabi e Vanessa... Definitivamente, amigas que eu amo de todo coracao!

Bem, sexta-feira esta chegando e vamos ter festinha de Halloween com as kids, "tricks or treats" na rua ao anoitecer e house-party/baladinha na VA. Volto para mostrar as fotos e contar como foi. Ah... e contar tambem qual foi minha costume ;)


Super beijos!

Wednesday, October 22, 2008

Mico e saudade

Oi Gente!

Vamos a mais um mico sobre restaurantes nos EUA. Apesar de eu nunca ter contato alguma historia sobre isso, micos em restaurantes sempre acontecem comigo e com minha patota.

Ontem a Carol e eu saimos da aula mais cedo, pois a professora nao estava bem, quase sem respirar, e terminou a aula antes (Achei que ela ia morrer na sala =S). Assim, saimos de lah e aquele friozinho pensamos "Vamos parar em um Cafe para tomar algo quente, uma Starbucks da vida". Problema, aqui na regiao de DC tudo fecha cedo, especialmente nos weekdays, onde encontrariamos algo alem do iHop e Dukin Donuts aberto? (Eu amo estes dois lugares, mas a noite eles nao sao muito bem frequentados, infelizmente). Ai subindo a Wisconsin Ave avistamos um Cafe! Super charmosinho... resolvemos parar ali, afinal, estava aberto e jah se passava das 9pm. Entramos... uns americanos aqui, uns franceses ali (que permaneceram por ali), sentamos. Abrimos o cardapio e "What the hell is that?" Hahaha... era um restaurante turco!!! Agora, me diz o que o Cafe estava fazendo no nome, alias, porque nos restaurantes tem Cafe sempre se no maximo eles servem um cafezinho simples. Digo, deve ter um motivo certo que eu ignorantemente nao sei, mas no Brasil eu sei que se estivesse escrito um Cafe no nome do lugar teria coisas quentinhas e gostosinhas para comer em uma noite gelada... nao era o caso.

Bem, como jah haviam iniciado o servico, resolvemos ficar ali, e eu fiquei triste porque pensava em gastar apenas uns $5 aquela noite, mas vi tambem que nao era o caso. Bem, perguntamos qual era a sopa do dia - dia frio, sopa eh bem-vinda, bem, nao entendemos o que era, soh entendemos que tinha algo "orange", ai resolvemos pedir um negocio que segundo a waitress era bem turco e experimentar a sopa. Bem, chegou o pedido: sopa de fuba e esfiha! Hahaha... Comecei a rir, mas estava bom pelo menos. Pois bem, ai experimentamos a sopa... ai gente... exatamente igual a sopa de fuba que minha mae faz e que meu pai adora, mas eu nao gosto muito. Ai veio uma lembranca que nao sei especificar bem, mas lembrei de mim em casa, com meu pai tomando a sopa no pijama bege (que ele nem tem mais). Pronto! Viro para a Carol e digo "Ai, que vontade de chorar", e assim comeco a chorar, sem controlar as lagrimas (Nao, nao fiz escandalo, foi aqueles momentos que as lagrimas saem rapidas e em grande quantidade apenas). Foi uma sensacao boa e triste, boa porque foi uma lembranca gostosa, de algo muito bom, de familia; triste, porque - como todos sabem, nao estamos perto da familia.

Soh queria registrar o miquinho basico e este meu momento, que tenho certeza que muitas passam por algo bem parecido.

Vejo voces ;)

Monday, October 20, 2008

Como prometido... sobre as ferias no Brasil!

Fiquei de atualizar contando sobre o Brasil e jah faz quase dois meses que voltei para os EUA. Pois vamos lah, afinal, a Fer (blogs) jah esta voltando de lah e vai atualizar antes de mim se eu nao fizer isso logo… hihihi! E olha que ela foi a quem mais pediu para eu fazer isso, como nao fiz, tudo que escrevi aqui contei pelo telefone (rs).

Queria dizer que nao foi facil voltar. Fiquei de homesick um bom tempo, coisa que nunca tinha sentido. Jah havia sentido momentos de saudade sim, vontades de chorar, mas nunca por muito tempo. Ou seja, quem deseja passar as ferias no Brasil, pense muito bem. Eu nao me arrependo e recomendo, pois antes eu tinha medo de voltar para o nosso pais e deixar aqui, essa vida que lutamos tanto para conquistar. Hoje, definitivamente, nao tenho. Vi que tenho uma vida que eu amava lah, diferente da vida daqui, mas que eu sou feliz no Brasil e que nao tenho porque teme-la viver novamente. No meu caso foi bom tambem para mostrar aos meus pais o quanto eles sao importantes na minha vida. Eles perceberam isso mais agora, antes achavam que eu amava o mundo daqui e tinha esquecido deles. E olha que eu falo com eles no minimo duas vezes por semana!!!

Pois bem, onde terminei? Humm… eh sabado de manha! Acordei com meus avos, que estao sempre em casa ou vou para Peruibe, onde moram. E depois minha tia Celina chegou com o Osmar e minha prima Vanessa. Eles eu vejo poucas vezes ao ano, e olha que soh moram em Jundiai, ai foi meio normal, como se fosse aquela rapida visita corriqueira. Ai chegou outra parte da familia e fizemos aquele churras familiar. Foi muito bom ver minha mae, vo e minha tia Rosa preparando a maionese, o vinagrete, e tal. Meu pai fazendo o churras com o Doni, Osmar… Minha mae fez O pudim de leite-condensado! Pena gente que eu nao como muito!!! Eu queria, mas nao consigo.

A tarde visitei um amigo rapidamente, que estava fazendo churras, e corri para minha casa para receber meus amigos que foram lah para uma pizzada basica. Detalhe, tinha mandado email avisando uns dois dias antes de viajar avisando para todos irem na minha casa e levarem um pratinho de doce ou salgado, mais refrigerante. Bem aquelas festinhas da quinta-serie, lembram? Meus pais quase me mataram quando eu falei isso! Hahaha… Entao, o legal eh que muita gente querida foi (inclusive, tenho que mandar email agradecendo). Uma noite divertida com amigos! Nao quis sair para balada, para que? Balada eu vou aqui, aqui nao vou pra casa, certo? Queria ficar em casa.

Entre o sabado e domingo a familia da Dinha, Carol (blog) e Luisa foram em casa para pegar as encomendas que eu trouxe delas. Foi bom conversar com eles e explicar o nosso mundinho de cah. Inclusive, depois disso os pais da Dinha deram uma acalmada e ela estendera o ano aqui tambem. Fico feliz em poder ter ajudado.

Domingo a tarde fui a reuniao de trabalhadores do Perseveranca! Pena que nao foi palestra com a D.Guiomar =( mas foi bom visitar este lugar que eh tao querido para mim e ver algumas pessoas. Pena que nao vi muitas das que eu queria.

Segunda-feira foi um dia especial tambem, fui na S2, minha antiga agencia, revi todo mundo, almocei com o pessoal, ganhei presente de niver atrasado YUPI =D e depois fui para o Pq. do Ibirapuera com a Paulinha e a Fer, ai a Gabi foi nos encontrar. Nao eh um maximo? Tres amigas pediram licenca no trabalho para estarem uma tarde comigo. Nao sei como agradecer! Demos uma passada basica na Av. Paulista e busquei meu diploma da Pos-graduacao.

De resto foi correria para fazer exame-de-sangue, ultrassons, ir ao dentista e ir ao medico. Felizmente, tudo otimo! (Esta foi uma das razoes que aceitei ir pra o Brasil por conta de fazer exams e ver se estou bem para passar mais um ano aqui).

Eu fiquei muito pouco tempo, muitas horas dormi no sofa de casa – que saudade de fazer isso, pois estava cansada.

Soh sei que meu coracao lah ia apertando a cada hora. Eu chorava toda hora quando pensava em voltar. Na terca-feira a noite, apos o Evangelho no Lar, meu pai me pergunta “Rafa, voce eh realmente feliz lah?”, gente! Nao conseguia falar e comecei a chorar! Ai consegui dizer “Pai, eu sou, mas voces nao estao lah, nao dah para ser 100% feliz, mas estou bem, nao se preocupem”. Ai todos choraram, claro! Ele falou da falta que eu fazia (hahaha, estou chorando enquanto escrevo aqui)… ai gente… que dificil. Quarta-feira, dia que voltei, parecia dia de enterro. Eu nao queria arrumar a mala para voltar. Arrumei uma hora antes do horario que eu tinha que ir para o aeroporto. Fui na cada da tia Rosa e da Sandra, como fiz da outra vez, almocei lah e fui pra casa. Ai que tristeza ter que falar tchau de novo! Tristeza maior agora. Sei que fui chorando para o aerporto. Cheguei lah e nao queria ir embora! Ai, como ter que usar a razao eh FOGO! Tive que parar de ouvir meu coracao, se nao, nao voltava. Falei bem rapido tchau para meus pais, nao dava para uma longa despedida. Doia tanto! Ai… que dor no peito… que saudade! Nao queria soltar deles um segundo! Sei que meu pai desapareceu depois que eu falei tchau, ai achei ele bem longe, me observando. Minha mae ali, tentando ser forte e eu entrei chorando igual uma louca na area de embarque (eh um sentimento tao complicado este de querer ficar e nao poder).
Bem, ali no embarque a moca da imigracao nem pega meu passaporte, olha pra minha cara e jah diz “Voce tem autorizacao para viajar sozinha?” hahaha… ai eu penso “De novo estao me perguntando isso, igual ha oito meses?” e falo “Nao moca, olha ai no passaporte, tenho 27 anos!!!”.


Bem, voo tranquilo ate Chicago – tirando a parte que eu nao durmo nadinha (saco)… Imigracao nos EUA, tranquila e rapida! Acho que soh nosso voo do exterior tinha chegado aquela hora. Na hora de passar o cara da imigracao, Steve, olha meus papeis e diz “Ah, voce eh au pair”, eu “Sim”, ele “Humm, ate janeiro. Quer ser minha au pair? Te contrato agora. Tenho quatro meninos, um de quatro, outro de seis e dois gemeos de oito. Aqui esta meu email (sim, ele anotou no meu novo I-94), me escreve”. Dei risada e sai… foi facil, ne? Cara louco!

Eh isso… enquanto esperava a conexao fiquei conversando com uma italiana engracada. Como nao dormi no voo ate Chicago apaguei no voo ate DC. Cheguei, a Carol foi me buscar (obrigada amiga). E vim para casa, desarrumei as malas e arrumei outras para viajar ate Delaware e encontrar meus hosts.

Queria fazer tudo de novo. Agora dah um desespero, pois nao tenho visto para entrar nos EUA e fico aqui ate dezembro de 2009, ou seja, nao posso sair, assim, estou aqui me sentindo enjaulada.

Ah, coisas que percebi no Brasil muito simples: somos um povo realmente alegre e friendly, mas como somos mal-educados! E temos muitos mulados/morenos no Brasil. E sabe, olhando em volta, nao somos uma raca bonita quando voce ve uma multidao, por exemplo, no metro (feio falar isso, mas foi o que eu percebi, sorry).


Eu perdi a nocao do perigo em SP e minhas amigas ficavam me lembrando toda hora de guardar a camera fotografica. No meu caso, nao fiquei trocando palavras do portugues para o ingles, soh falava “ah, isso custa XX dolar(es)”… Ah, soh que quando uma crianca chegava perto de mim eu jah ia falando em ingles! Hahaha… mas jah me tocava que estava no Brasil. Eh ate engracado, porque antes tinha medo de nao entender criancas falando ingles, desta vez foi estranho ouvir kids falando portugues. No aeroporto quando algum estranho ia falar comigo, tambem era meio automatic falar ingles, mas tambem apertava o SAP rapidinho para nao parecer metida (rs).

Agora, sem nenhuma duvida, AMO o Brasil. A sensacao de chegar e ver nossa terrinha lah do aviao jah me fazia respirar em paz. Pisar na sua terra, gente, indescritivel! Soh indo lah para sentir isso.


EU AMO SER BRASILEIRA!
SAUDADE IMENSA DA PATRIA AMADA BRASIL!!!


PS - Postei normalmente, nao tudo em caixa-baixa, para facilitar a leitura.

Thursday, September 25, 2008

coisas do dia-a-dia

ok ok, aqui em maryland, bem, em silver spring (sei que em bethesda tambem), tem muita aranha porque vivemos rodeadas de mato! imagina eu, uma fresquinha garota da cidade, hahaha... fico ate orgulhosa de mim, pois estou ficando mais corajosa!

e o outono chegou com frio... bua... 15 graus lah fora! e eu fico aqui lembrando que no inverno, se um dia fizesse essa mesmo temperatura eu ficava feliz! ai ai... to com medo e sem roupa para as duas proximas estacoes, o pior eh sem dinheiro para comprar! hahaha... tentar economizar X ter que gastar nao eh simples, mas estou aqui esperancosa que de certo!

hoje comecei a arrumar meu guarda roupa para o outono-inverno. como tenho um closet pequeno, tirei as roupas de verao, guardei em uma caixa, e estou arrumando com as roupas que deverei usar agora... daqui a pouco vou na target comprar varias caixinhas para guardar minha bagunca.

como ando meio mal-vestida para trabalhar, resolvi separar as roupas bem surradas e nao usar mais, por isso tenho que comprar roupas melhores, imagem conta, ne? mesmo sendo au pair. claro que nao consigo ser uma lady igual a carol (blog na lista), mesmo "desarruma" ela eh elegante! que inveja (boa)! mas quero pelo menos melhorar o visual, mesmo usando moleton, pois nao consigo trabalhar de jeans.

vou na sessao de liquidacao da old navy ou na marshalls dar uma vasculhada em coisas bem baratas.

e minha kidzinha fofa esta virando uma chefinha chatinha! ate na escola que ela nao gostava de ir ate dois dias atras ela jah esta mandando nas criancas! e em mim? ela tenta, claro... mas sempre falo "just to remind you, you are not my boss"... claro que de um jeito fofo... e vou lah e faco o que eu quero, para ela ver quem esta no comando, como assim??? isso sem os pais por perto, sure.

hoje de manha ela foi subir no quarto do kidzinho para acorda-lo, ai o pai disse "eu vou com vc" e eu fui soh checar se ela nao estava subindo as escadas sozinhas (que ela ate faz bem, mas eu ainda tenho medo porque ela eh muito ansiosa e sobe rapido), ela me viu e disse em alto e bom som "nao! meu pai vai comigo" e eu fiquei olhando soh, ai ela fechou o portao da escada (que ela sabe abrir e fechar agora, jah era a minha tranquilidade) e sentou na frente para eu nao subir! gente, eu queria rir, como o pai estava lah eu nao fiz nada, mas se nao estivesse eu ia delicadamente tira-la do lugar onde sentou e subir sem ela.

mas ela continua uma fofa que me ama, logo mais veio pedir pra ficar comigo, colo, beijo e abraco, mas confesso que semana de tpm com kizinha bem bossy eh fooooooooogo! sem contar que ela nao para, nao senta e nao para de falar! e quem sou eu para brigar com isso se eu sou igualzinha?

bem, no momento eh soh isso, tenho que ir au trabalho, mas saibam que ainda termino de contar do brasil.

beijo e obrigada pelos recados e pelas novas visitas! aproveitem este espaco como dicas e para tirar duvidas, se precisarem...

Wednesday, September 24, 2008

para quem tem medo de aranha...

nao venha ser au pair ou mesmo morar neste pais! eu mato certo de 3 aranhas por dia, e nao sao aranhazinhas como via no brasil (tambem nao sao aranhas monstruosas, as vezes uma ou outra).

Thursday, September 18, 2008

sabe aquela pessoa que quer segurar o mundo com as maos?

mas nao eh Deus?

Entao, essa aqui quem escreve eh uma delas, e por nao prestar atencao em tudo faz cada besteira! Consegui cancelar meu curso que comeca terca-feira que vem, detalhe, quem disse que eu queria cancelar? Quem disse que eu nao tive que brigar para fazer este curso? Assim eu preenchi um formulario que chegou no meu email e por nao saber o que a palavra "withdrawal" significava (nada que um dicionario nao ajudasse, mas teimosa do jeito que eu sou nunca uso dicionario), fui lah e dei um enter... ate pensei, sera que isto tah certo?, mas pensei rapido... rapido demais =S e claro nao li o email direito, pq eu sou tao ansiosa que no leio as coisas direito, tento adivinhar e...

Ai recebo um email sobre o cancelamento... desespero hahaha... amanha eu ligo... nao deu tempo de ligar cedinho e jah recebi outro email dizendo que nos proximos dias recebo o dinheiro de volta! Mas NAO! Eu nao quero... ligo pra um, pra outro, pro um de novo... pedem meu numero do recibo? Que recibo? Dentro da minha ID online da faculdade... e quem disse que eu lembro da senha? Ligo no helpdesk, digo que eh urgente! Azar, tenho que digitalizar um documento para provar que eu sou eu e enviar... esperar quase uma hora, receber senha provisoria, mudar a senha, ANOTAR desta vez, ligar para o um e ver que vou receber o dinheiro de volta...

Quero fazer o curso, o que o outro disse? Refaca a inscricao, corro eu para fazer, vou usar o codigo de desconto para au pair e nada, invalido ou vencido, ai mando email para o coordenador que demorou ate o final da tarde para responder e adivinhem, nao tinha mais vaga! Mas tinha, a minha propria! hahaha... refiz a matricula com o desconto, esta aparecendo no meu acesso online (agora eu sei a senha =P)... espero que continue lah e eu comece a estudar bUnitinho semana que vem...

E eu tambem nao quero preencher mais nada por enquanto, chega!

Wednesday, September 17, 2008

um esclarecimento

oi gente,

lendo meu comment sobre o gas percebi que falei rapidamente do assunto, o que dah para ter diversas interpretacoes, principalmente que pareco uma menina mimada. well, soh queria deixar claro que a questao do gas eh que jah havia sido combinado com meus hosts que eles pagariam meu gas sempre que eu ficasse pelas redondezas, visto que eu os ajudo e faco muitos favores para eles, como eles mesmo jah falaram muitas vezes, por exemplo, eu arrumo a casa sempre, limpo, varro, ajudo com a louca mesmo quando nao estive presente no momento da bagunca, faco compras, entre muitas outras coisas. e faco isso porque nao me quebra o braco ajudar. ate quando eu estava estudando com meus creditos eu pegava carona para ir e voltar da escola, mesmo sabendo que eles deviam pagar, pra nao incomoda-los eu sempre dei um jeito. acho que meu host me levou umas tres vezes apenas e nunca me buscaram, nem pagaram o metro que eu pegava as vezes, e eu nao fui na cara de ninguem exigir, mesmo sendo meu direito. ok, pode parecer burrice para muitos, mas deixei passar, nao gosto de incomodar ninguem.

agora trato eh trato, se ela disse que eu soh devia pagar por gas se fosse para lugares longes como baltimore, md ou leesburg, va, assim fosse, mas nao estava sendo e ha muuuuuuito tempo. muitas vezes coloquei gas no carro e ela usou depois.

ela respondeu meu email toda doce, disse para eu nao me preocupar com o dinheiro, soh para avisar ela quando o carro estiver zero de gas para ela se programar para passar no posto de gasolina, e disse tambem que ela estava errada em deixar sempre o carro sem gas pra mim, que isso nao aconteceria mais.

respondi um OK e ela chegou em casa e veio falar de novo para eu nao me preocupar.

minha host eh assim, abusa se eu deixar... nao sou eu quem estou querendo abusar dela, mas toda ajuda eh bem vinda.

amanha eu vou conversar...

oi meninas,

primeiro, eu nao fico feliz em saber que voces tambem tem estes tipos de problema, mas me alivia saber que voces tem pelo fato que eu nao sinto tao au poor... sozinha nesta maluquice de vida...

segundo, algumas respostas da minha counselor eu nao entendi, jah mandei email perguntando mais detalhes, posto aqui quando tiver as repostas.

terceiro, mudei as cores do blog soh para ter cores contentes... ando meio tristezinha...

e, hoje jah assinei os papeis de extensao com meus hosts. eu nao tenho duvidas de que ficarei com eles, mas amanha vamos conversar sobre o que esta funcionando e o que nao esta funcionando. espero muito que eu consiga falar exatamente o que preciso e que eles entendam e que continuamos uma vida harmoniosa...

torcam por mim...

(estou postando mais vezes, estao vendo? logo termino a historia do brasil e volto a postar coisas do dia-a-dia que servem como dica... e todas as novas meninas sao bem-vindas, me adicionem no msn se quiserem, ah! e desculpe a falta de visitas nos blogs, estou retomando minha vida aqui e volto ao normal em breve)

Monday, September 15, 2008

vida de au poor

oi pessoal,

hoje ia postar um email que troquei com minha host, mas deixa pra lah... ele fala sobre o fato de hoje eu ter deixado minha host sem gas no meu carro, porque eu sempre pego o carro sem gas e como usei soh para ir na casa de duas amigas aqui de silver spring, nao coloquei e ponto final, afinal era o deal se eu ficasse around eu nao precisaria colocar gasolina. mas como ela ficou sem total gasolina, as 9am recebi uma msg no celular falando para eu nunca deixar o carro sem gasolina as segundas-feiras e que ela chegaria atrasada no trabalho por isso. ai eu pedi desculpas e disse que mal tinha usado o meu au pair car... que ironia... aproveitei mandei um email perguntando como fica o carro e o gas, duvidas que eu tinha. descobri que se eu rodar mais de 20 miles no dia, tenho que abastece-lo, ou seja, pra ir ate a igreja eu jah tenho que abastecer (tah, eu nao vou a igreja). nossa, soh comprovei o fato dela ser mao-de-vaca. mas agora que perguntei sei bem o que tenho que fazer e nao vou mais ficar nervosa.

acontece que carro eh privilegio, nao direito. conheco meninas que tem free gas e podem ir pra qualquer lugar, no meu caso ganhei um carro velho ha pouco tempo e tenho hosts mao-de-vaca totais, ai o gas tem que ser por minha conta, soh posso andar por aqui, mas agora ela mesmo falou que nao vai deixar o carro na reserva tambem... pelo menos isso.

por isso, jah que tenho parte das manhas frees, vou tentar fazer tudo o que eu preciso porque ai uso o carro das kids... hahaha...

bem, abaixo seguem as perguntas que mandei hoje para minha counselor de uma situacao e duvidas que eu tinha. desculpem meus erros de ingles.

1) I know that the rule is no more than 10 hours per day and 45 hours perweek, but If my hostparents need me to work more per day or week I always help them, but now I`m not liking this anymore. How can I talk to them? Well, for example, they don`t need me in the morning, but they do a schedule that they use the 45 hours per week, even if I have to work more than 10 hours per dayand, if I work less than 45 hours - what is difficult to happen - then use the hours in the other week as extra without paying for it. Doing this once is one thing, but all the time it`s not fair. What do you recommend?

Resposta:
I would talk to your hostmother about it and let her know that you do not like working the extra - or the hostfather. Tell her you are afraid you get burnt out

2) If I`m not feeling good, like sick (I had gastrit - ulcer - these days ago and I felt much pain), and I stop to work earlier, do they can use the hours that I didn`t work in a other day?

Resposta:
The only hours they can use- 10hours a day- 45 hours a week

3) Do the hostparents have to help and pay for medication or doctor if Ineed?

Resposta:
No, you have a $200 deductable- which means you pay 200 and then insurancewill pay the rest including prescriptions

4) About food, if I want to eat something and I don`t have it in home, dothey have to buy or pay it for me? Do they have an amount per week to spend with food for me? I have a friend that told me that they have to spendaround $80 per week for the au pair.

Resposta:
The provide food- sometimes what happens is Host families are Veggies or Kosher and then those families typically get a food allowance- if there something you want ask for it.

5) I already used the $500 for studies, but I paid myself another Englishcourse. To go to this school, do they have to pay the transportation now?

Resposta:
no

6) About Driver`s License, I need now to get my because the second year, dothey have to pay for that? Is that a rule?

Resposta:
yes

that`s all folks

(vou escrever o resto do brasil em breve, i promise)

aviso importante para as au pairs que estiverem aqui durante as eleicoes no brasil em 2008

JUSTIFICATIVA ELEITORAL - ELEIÇÕES /2008 - A Eleição de 2008 acontecerá nos dias: 05 de outubro de 2008 " 1º turno 26 de outubro de 2008 " 2º turno (se houver)

- PARA QUEM AINDA ESTÁ CADASTRADO PARA VOTAR EM QUALQUER MUNICÍPIO DO BRASIL: O requerimento de justificativa deverá vir anexado com cópia de documento de identificação válido brasileiro (Carteira de identidade ou passaporte brasileiro ou certidão de casamento ou nascimento etc.) e encaminhado no prazo de até 60 (sessenta) dias após cada turno de eleição pelo correio: Para que seu pedido de justificativa seja analisado é necessário seguir os passos descritos abaixo: 1 - Preencher todos os campos do requerimento de justificativa, principalmente o número do título, data de nascimento, nome do eleitor e da mãe sem abreviaturas e o motivo alegado, podendo utilizar o modelo sugerido em anexo. 2 - Anexar cópia de documento oficial de identificação brasileiro e documento que comprove a ocorrência do motivo alegado. 3 - Enviar pelo correio, diretamente ao juiz eleitoral do Cartório do Município brasileiro onde está cadastrado. Esse requerimento deverá ser encaminhado à Zona Eleitoral onde o eleitor possua título. Os endereços dos Cartórios Eleitorais de todo o Brasil poderão ser encontrados nos sítios do TSE- Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.gov.br) ou do TRE de cada Estado (ex.: www.tre-go.gov.br - "GOIÁS", www.tre-rj.gov.br " "RIO DE JANEIRO).
ATENÇÃO: Recomendamos que o eleitor, ao postar sua justificativa, guarde comprovante de registro da expedição da correspondência. O Requerimento só deverá ser encaminhado à Justiça Eleitoral após cada turno da eleição de 2008 que acontecerá em: 5 de outubro de 2008 " 1º Turno e 26/10/2008 " 2º Turno. Para saber se houve 2o turno em seu município, acesse o site do TSE.(www.tse.gov.br).

Wednesday, September 10, 2008

BRASIL, oh patria amada

hoje senti vontade de postar e resolvi vir logo, antes que a preguica volte. vejam bem, estou ate com a roupa da academia e desisti de ir para vir aqui. resolvi voltar a postar (vamos ver se consigo), pois nao eh justo com as futuras au pairs as atuais abandonarem o barco, pois sei bem que os blogs ajudam e muito.

porem hoje quero falar do brasil, atendendo a pedidos.

para quem acompanha o blog sabe que fui ao brasil, pois ganhei de presente a viagem dos meus hosts, jah que vou renovar com eles por mais um ano (esse capitulo volto a blogar).

antes da viagem eu parecia uma louca, preocupada com compras e lembrancinhas para levar, correndo pra cima e pra baixo, queria fazer surpresa, mas como soh ficaria seis dias lah, resolvi contar para meus pais. quando contei qual a reacao? "soh seis dias?" e com uma cara de assustados, ninguem sorriu, nada. ate falei "nem vou mais, voces nem ficaram contentes", mas como eu fiquei espantada no comeco, eles tambem nao esperavam, ficaram lah, espantados.

eh uma sensacao engracada essa, porque voce vem pra cah sabendo que vai ficar um ano sem ver sua familia e amigos, ai voce resolve ficar mais um ano e prepara o coracao para ficar dois anos sem ve-los... a gente meio que camufla a saudade aqui, parece que cada dia tomamos um remedio que nos dah a sensacao de que dah para viver sem a familia por um tempo, que estamos bem. conforme os dias se passam a gente fica mais forte e vai vivendo o dia-a-dia da nossa vida americana. porque eu descobri uma coisa, eu tenho duas vidas. a vida do brasil e a vida dos eua, e uma eh totalmente diferente da outra.

depois de falar para meus pais o segundo passo foi avisar os amigos, bem em cima da hora, e o que eu fiz? mandei um email "gente, to indo pro brasil, quero ver todo mundo, quem quiser me ver vah em casa no sabado a noite, endereco X e leve um pratinho de comida e refrigerante porque nao tenho tempo para organizar a 'baladinha'", hahaha... foi bem isso e meus pais piraram quando disse que pedi para o povo trazer comida. eu nao tinha tempo e dinheiro mesmo, fora que era um pratinho, pra eles mesmo comerem. e eu nao queria balada, queria ficar em casa!

ai encarei mais de 10 horas de viagem e dois avioes. primeiro fui pra chicago e ganhei uma hora (fuso), dali 10 horas e meia ate o brasil e perdi duas horas (fuso), mas isso eh de boa, nem eh muito. ai que viagem cansativa! eu nao durmo em aviao! as cadeiras da classe economica sao terriveis, nao consigo dormir por nada, mesmo caindo de sono, uma pena, queria dormir, descansar, nao foi possivel, cheguei acabada no brasil. foi ai que descobri que preciso ficar rica e viajar de primeira classe, ou de business, eu nem sou fresca pra dormir, mas dormir naquelas cadeiras parece que voce dorme em peh - e eu jah dormi em peh no onibus indo para o trabalho as 5:30am.

gente, faltava uma hora ainda pra aterrisar e olhava lah de cima o brasil... ribeirao preto, campinas, jundiai, nossa... parecia que tudo aquilo era meu! tudo aquilo me pertencia, eu estava olhando a minha terra. estava emocionada!

quando o aviao aterrisou eu nem mais conseguia falar com o cara do meu lado - que falava tanto quanto eu - queria correr para o abraco!

sai e foi tao tranquilo entrar no meu pais, soh olharam o passaporte, colocaram na maquininha pra validar e pronto, cai no freeshop, comprei um negocio para meu pais e duas amigas - encomendas - e sai... sai e... cade meus pais??? olho de um lado, olho do outro, ando mais um pouco e nada! e eu jah tinha ligado (a cobrar) para meu pai que disse que estava lah. ai eu ligo de novo, ne? bem... ai achei que tinha relaxado sobre o pisar no pais. no dia que cheguei muitos atletas voltavam das olimpiadas, tinha uma bandinha tocando samba, estava ali me situando. ai vi minha irma, e em seguida meus pais... nao conseguia falar - e quem me conhece sabe que nao tenho nenhum problema com comunicacao - mas as palavras foram engolidas e comecei a chorar quando abracava primeiro meu pai, ai minha mae junto... uma sensacao de nao querer nunca mais sair daquele abraco, as palavras nao saiam - e olha eu aqui chorando de novo enquanto escrevo isso - acho que a melhor sensacao do mundo foi ver meus pais e minha irma. eh inexplicavel o sentimento, eh o sentimento chamado familia, no melhor bom sentido da palavra. ali mesmo percebi que minha vida sem eles nao eh feliz. e nao sei se isso eh bom ou ruim.

ai fomos pra casa, meus pais queriam comer fora, eu nao, queria comida de casa... hahaha... como fora de casa ha quase oito meses, pra que? comidinha basica: arroz, feijao e bife!!! feitinhos na hora... e torta de limao de sobremesa...

mal deu tempo de comer, tirei uma nap de 30 minutos, ou menos, nao conseguia dormir... ai... meu quartinho, do jeito que eu deixei! mexi em uma coisa ou outro, que gostoso, queria trazer varias bugigangas, mas deixei, peso pra mala, e eu volto ainda pra casa, ne?

sai pra cortar o cabelo e fazer as unhas! e depois fiz depilacao! ai que vida boa que eu tinha, de princesa viu? toda semana unhas, cabelo cortes a cada tres meses. hidratacao fazia em casa, mas de boa, tambem fazia progressiva. e depilacao??? gente! tudo aquela cera, fazia sempre que necessario. aqui eh tudo por conta nossa, um saco. sou pessima pra fazer as unhas, sempre me machuco. a minha manicure disse "olha rafa, nao tinha muita cuticula, mas estava tudo meio estranho" hahaha... logico, sou eu a sem nocao que faz as minhas unhas agora.

a noite fiquei em casa e nao comi nada, ia fazer exame-de-sangue no dia seguinte de manha, afinal, check-up sempre necessario jah que aqui nao se tem atendimento medico que preste! - outro dia faco um capitulo.

ai fui encontrar minhas amigas num barzinho perto de casa e eu acabada de sono.

estavam lah a paulinha, a fer e a gabi... faltou a van... e elas fizeram o que? um "rafa`s menu" hahaha... com opcoes do que eu queria fazer nos poucos dias que eu ficaria por lah... fizemos algumas coisas, mas nao deu tudo... inclusive eu ganhei um "petit gateau" e nem deu tempo de comer!!! ah, quando eu voltar....

bem, como nao podia fazer desfeita, comi o brigadeiro que eu ganhei e tive que adiar o exame...

fui dormir umas quatro da manha... acordei umas nove e pouco, acabada? magiiiiiina...

nem lembro o que eu fiz sabado de manha, acho que nada, porque era quase hora do almoco e meus pais estavam correndo com o churras... gente... familia chegando! ah, foi isso... hahaha... acordei com meus avos em casa, ai minha tia chegou e assim foi indo...

(termino depois, porque agora jah eh hora de dormir...)

Wednesday, August 20, 2008

brasil + vida de au pair

oi pessoal,

pra variar sumi um pouco... estes ultimos dias foram de tensao total arrumando mala para o brasil. para terem uma ideia, tem 31 kilos a minha mala, isso porque na bagagem de mao estou levando ainda os livros de um amigo, soh para nao arriscar passar os 32 kilos permitidos, o que tem la dentro? soh presentes, para minha familia, familia da carol, da luisa e da dinha... nao tem uma escova de dente minha se quer! presentes e mais presentes! como pesam... e como eu e a carol gastamos dinheiro este mes, nada para nos, soh presentinhos simples e de coracao.

amanha eh o grande dia, voltar para o brasil, como sera essa sensacao? no final, acabei contando para meus pais e todos, afinal, seis dias eh muito pouco e fazendo surpresa, pegaria todos de surpresa ha-ha, ou seja, poderia perder muito tempo nesta brincadeira e nao ver todos e fazer tudo o que quero.

sexta-feira de manha estarei eu chegando no aeroporto e poder dar de cara com meus pais, nossa! soh de escrever aqui meus olhos enchem de lagrimas!!! sao quase oito meses longe de casa, como nunca fiquei. nao vejo a hora de ve-los, abraca-los e jah doi o coracao quando penso em voltar... mas terei que voltar, tenho muita coisa para fazer aqui ainda.

soh queria contar uma coisa bonitinha que aconteceu ontem.

estava numa b-party de um amigo do meu kidzinho na piscina, pool party basica

*** americano aaaaaaaaama piscina, tem clube para tudo quanto eh lado aqui, os hosts toda hora mandam a gente pra piscina (e eu enrolei bem, porque nao gosto de agua gelada, como tenho uma pequenininha, se ela entra, eu entro e, como fui em 50 mil aulas de natacao com ela, resolvi me dar umas ferias), quando na piscina eles nao vao embora e detalhe, sao muito faroferios!!! gente! americano adora fazer uma farofa, levar mil e um snack para a beira da piscina, fora os que pedem pizza lah, isso mesmo, delivery no clube... ***

voltando, estava lah eu, sentadinha, com uma latinha de coke, e as kids brincando com bola, logo pensei "to vendo que vao acertar bem minha coke, deixa eu ate segurar a minha camera na mao pra nao correr o risco de cair coke nela". pronto, acabei de pensar isso a bola cai BEM em cima da minha coke, que vira e cai inteira na minha roupa. gente, ninguem se prontificou a me ajudar! nenhuma mae que estava lah saiu correndo para pegar um guardanapo se quer, de verdade, isso no brasil eu sei que teriam varias pessoas, mesmo que nao nos conhecem, tentando ajudar. ficaram todos olhando para mim, acho que esperando uma reacao. e eu dei risada, calmamente levantei e peguei uma toalhar pra me secar, quando olho vem vindo meu kidzinho com uma nova coke na mao e disse "rafa, uma outra pra vc". gente! que coisa lindinha ele, ele parou de brincar, foi na caixa de soda buscar uma coke pra mim... eu nem queria mais, mas nao dava para dispensar... fui lah e dei um beijo e um abraco nele, fofo nao?

(tudo bem que depois no carro eu tive que "brigar" com ele porque ele nao queria ir comigo no mercado hahaha)

bem gente, torcam por mim, estou indo para o brasil! felicidade imensa que nao cabe em mim... volto aqui em breve (juro que vou tentar).

nao deixem de mandar noticias.

beijos coloridos